Filhos do Mundo

Imprimir
PDF

A infância é o período de maior importância na formação moral e intelectual do homem.

Quantas oportunidades perdem os órfãos do mundo!

Quantos pequeninos andam agonizando em busca de mãos caridosas e peitos aconchegantes, e não encontram.

A infância tornou-se motivo de preocupação para os governantes do mundo. Diversos programas de socialização infantil estão sendo implantados. Casas de atendimento à infância saem do papel e começam a se concretizar.

Quanto amor terá o mundo que doar para que a criança não sofra com a orfandade.

Quantos órfãos de pais separados perambulam pela via pública e dormem debaixo dos viadutos.

Quantos outros, filhos de pais ausentes, buscam o apoio em indivíduos que os transformam em instrumentos das drogas.

Quantos filhos da sociedade privilegiada descobrem no mundo a solidão e a tristeza.

Que os filhos da indiferença encontrem a Jesus, o irmão mais velho, que os conduzirá a trajetória do amor.

A única orfandade justificável no mundo é a de filhos em que os pais transpuseram a barreira da matéria, e vivem no mundo espiritual.

Pais zelosos cuidam de seus filhos, do mundo espiritual, auxiliando-lhes na formação moral e no desenvolvimento do amor universal.

Tenhamos consciência que os filhos do mundo são os filhos de Deus, em busca de correção de seus vícios, e que necessitam do nosso amor.

Estendamos as mãos para que Deus, por nosso intermédio, cumpra os Seus desígnios de amor.

Miguel Delavini

(Mensagem psicografada por Paulo Guedes)