O Amor

Imprimir
PDF
O amor rompe as fronteiras do passado e deságua em plena harmonia familiar.

O amor vence as diferenças sociais, de raça e de cor, para emergir como luz fulgurante a sair das trevas.

O amor viaja pelas estradas do futuro, como a águia em voo exuberante, olhando a vida pelo prisma da evolução, perpetuando-se em nome de Deus.

O amor transforma, reeduca, traça novos rumos, apresenta a vida como um belo romance escrito pelos seus personagens.

O amor sublima a vida.

O amor é a razão da vida.

O amor é Deus e Deus é amor.

Onde reina o amor não há orgulho, inveja, egoísmo e nem o personalismo tolo que iguala os homens aos animais.

Onde reina o amor há vida em harmonia.

O Cristo, por amor à humanidade, viveu da manjedoura à cruz a comunhão perfeita com Deus.

Francisco de Assis, por amor ao Cristo, escreveu a mais bela história de amor ao próximo.

Kardec, por amor à verdade, compilou a obra espírita, descortinando a reencarnação e a comunicabilidade com os espíritos.

Chico, por amor ao espiritismo, transformou sua vida num repositório de amor.

E tu? O que farás por amor?

Com que material estás escrevendo as páginas da tua vida?

Miguel Delavini

(Mensagem psicografada por Paulo Guedes)